Posts

Importação NFS-e do Município de Rolândia – PR

Implementada a importação NFS-e do Município de Rolândia – PR (2399 ou 4122404 ou 7825)

Já esta disponível no pacote de atualizações Versão 0303HF o controle para importação de NFS-e para os municípios de:

– Rolândia – PR (2399 ou 4122404 ou 7825)

Para importar a NFS-e o usuário deve acessar a opção Controles EstaduaisUFDeclaração MunicipalNome do Município:

– Informar no campo Município da tela “Dados da Empresa” o código do referido município.

– Ativar a opção “Importa Nota Fiscal Eletrônica de Serviço” no Parâmetro Municipal.

– Acessar a opção “Importação NFS-e” para importar o arquivo XML, tanto individual e em lote.

Confira abaixo a lista de municípios com NFS-e que já são importados pelo TOP:

BA: Feira de Santana, Porto Seguro e Salvador.

MG: Belo Horizonte e Uberlândia.

MS: Campo Grande e Dourados.

MT: Cuiabá e Várzea Grande.

PE: Recife.

PR: Arapongas, Dois Vizinhos, Cascavel, Cornélio Procópio, Curitiba, Foz do Iguaçu, Francisco Beltrão, Ibiporã, Irati, Paranaguá, Ponta Grossa, Rolandia, Santo Antônio da Platina e União da Vitória.

RJ: Rio de Janeiro.

RS: Cruz Alta e Santa Maria.

SC: Florianópolis, Joinville e Navegantes.

SP: Amparo, Barretos, Campinas, Cerqueira Cesar, Ourinhos, Santa de Parnaíba e Presidente Prudente.

*Se seu município já possui NFS-e, mas o TOP ainda importa o XML entre em contato conosco e solicite a inclusão por nossos analistas.

 

por Ederson Von Mühlen, Analista Regra de Negócios SKILL – TOP na Exactus Software

Importação NFS-e do Município de Santa Maria – RS

Implementando a importação NFS-e do Município de Santa Maria – RS (4316907 ou 8841)

Já esta disponível no pacote de atualizações Versão 0303HF o controle para importação de NFS-e para o município de:

– Santa Maria – RS (4316907 ou 8841)

Para importar a NFS-e o usuário deve acessar a opção Controles EstaduaisUFDeclaração MunicipalNome do Município:

– Informar no campo Município da tela “Dados da Empresa” o código do referido município.

– Ativar a opção “Importa Nota Fiscal Eletrônica de Serviço” no Parâmetro Municipal.

– Acessar a opção “Importação NFS-e” para importar o arquivo XML, tanto individual e em lote.

Confira abaixo a lista de municípios com NFS-e que já são importados pelo TOP:

BA: Feira de Santana, Porto Seguro e Salvador.

MG: Belo Horizonte e Uberlândia.

MS: Campo Grande e Dourados.

MT: Cuiabá e Várzea Grande.

PE: Recife.

PR: Arapongas, Dois Vizinhos, Cascavel, Cornélio Procópio, Curitiba, Foz do Iguaçu, Francisco Beltrão, Ibiporã, Irati, Paranaguá, Ponta Grossa, Santo Antônio da Platina e União da Vitória.

RJ: Rio de Janeiro.

RS: Cruz Alta e Santa Maria.

SC: Florianópolis, Joinville e Navegantes.

SP: Amparo, Barretos, Campinas, Cerqueira Cesar, Ourinhos, Santa de Parnaíba e Presidente Prudente.

*Se seu município já possui NFS-e, mas o TOP ainda importa o XML entre em contato conosco e solicite a inclusão por nossos analistas.

 

por Ederson Von Mühlen, Analista Regra de Negócios SKILL – TOP na Exactus Software

 

Diferenças entre Valor Contábil X Total NF

Em função do recebimento de muitas dúvidas referentes a diferenças entre Valor Contábil X Total NF na Importação NF-e para TOP esclarecemos o seguinte:

“Um dos principais motivos deste da diferença é o preenchimento errado da TAG <indTot> que indica se valor do Item (vProd) entra no valor total da NF-e (vNF)”

Para tanto orientamos o seguinte:

1) Primeiramente, o usuário, deve prestar atenção no relatório de PRE-VALIDACAO DO(S) DOCUMENTO(S), se identificar por exemplo a advertência:

“ADVT | Numero da NF 4255697 – Total do vNF [5466.94] difere dos totais (vProd-vDesc+vST+vFrete+vSeg+vOutro+vIPI+vServ) [384.94]”

Verificar, então, se a TAG <indTot> que indica, se valor do Item (vProd) entra no valor total da NF-e (vProd) esta <indTot>0</indTot> e se o valor da TAG <vProd> do grupo <det nItem> deste  item foi  somado ao valor da TAG <vNF> do grupo <total>, se estiver, esta errado, pois este valor não deveria estar somado ou a TAG <indTot> deveria estar <indTot>1</indTot>.

2) Orientar, então, o emissor da NF-e que acerte a geração do XML:

De acordo com “Manual_Integração_Contribuinte_versão_4.01-NT2009.006” a TAG <indTot> deverá ser preenchida com:

0 – o valor do item (vProd) não compõe o valor total da NF-e (vProd)

1 – o valor do item (vProd) compõe o valor total da NF-e (vProd) (v2.0)

Com isso, a composição do valor total da NF vai depender deste parâmetro.

*Salientamos ainda, que a TAG <indTot> NÃO influência nos cálculos dos tributos, que dependem somente do produto e da operação.

por Ederson Von Mühlen, Analista Regra de Negócios SKILL na Exactus Software

Correção da Importação NF-e pela chave de acesso.

Atualização da Importação NF-e pela chave de acesso.

É com extrema satisfação que damos está maravilhosa notícia. Nós somos os PRIMEIROS a se adequar ao novo sistema de importação da NF-e diretamente do portal da receita federal através do código de acesso.

A realização da importação de documentos eletrônicos através do portal nacional está novamente disponível.

A importação da Nf-e diretamente do portal da Receita Federal foi temporariamente interrompida devido ao novo sistema de segurança que criptografou algumas informações necessárias na importação da NF-e através do código de acesso, mas, pelo empenho de nossos colaboradores e  foco na concentração de esforços mais uma vez superamos a concorrência saindo na frente na solução deste inconveniente.

Sempre quem está no topo da pirâmide é o privilegiado, e isso se da a você, nosso querido cliente.

12/03/2012

por Fábio Dutra, Diretor de Suporte na Exactus Software